Suplementação aumenta lucro e reduz tempo de terminação

                                                               


Suplementação aumenta lucro e reduz tempo de terminação
Assunto: 10 Artigos Mais Lidos
Autor: Lécio Queiroz Soares

O princípio básico de qualquer sistema de produção animal é a busca do equilíbrio entre oferta e exigência de alimentos. Para sistemas de produção envolvendo pastagens, o pasto está diretamente inserido no sistema de produção como um dos principais fatores de produção. Assim, devemos estabelecer sistemas de fornecimento de alimentos visando tornar a atividade pecuária uma alternativa competitiva e interessante do ponto de vista econômico e sustentável. À medida que a pastagem vai perdendo qualidade, maior tem que ser o consumo de matéria seca para compensar esta perda em nutrientes. A qualidade da forrageira é alterada à medida que a planta amadurece e coincide com o início do período da seca, assim, o animal em pastagens de baixa qualidade não consegue alcançar sua demanda de nutrientes.

A adoção da suplementação nutricional, antes de tudo, deve tornar a exploração da atividade mais lucrativa e deve ser praticada de forma a permitir uma redução no tempo necessário para a terminação dos animais.

Durante o período da seca, quando os teores de proteína bruta das forrageiras estão baixos, o primeiro objetivo da suplementação seria atender à exigência das bactérias ruminais por nitrogênio, mas para isso é fundamental garantir massa disponível para o consumo. Para a adequada formulação, devem-se observar a demanda nutricional do animal, a quantidade e qualidade da forrageira a ser utilizada, a produtividade projetada para os animais e a disponibilidade de alimentos a serem utilizados.

A utilização da suplementação nutricional em sistemas de produção animal a pasto deve respeitar uma relação entre custo e benefício, como em qualquer atividade econômica. Portanto, é fundamental o planejamento, a orientação e acompanhamento de todas as etapas do processo. Para isso, consulte nossos técnicos para maiores informações sobre a melhor forma de elaborar um programa de suplementação para sua fazenda.

Lécio Queiroz Soares
Zootecnista, M.Sc
CRMV-MG 1685/Z